Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Complica-me!

amar...

Se isto é amar, então tenho medo...

medo porque não consigo controlar...

porque só penso em ti, em coisas para ti...

nas coisas que gostas e que queres...

porque todo o meu dia és tu...

e odeio não controlar este sentimento...

Até nisto somos complicados!

 

viciada em ti

 

 

 

Porque qualquer coisa é uma desculpa para falar contigo... 

Porque qualquer coisa que vejo penso em partilhar contigo...

Porque para qualquer decisão quero a tua opinião...

Porque adoro tanto as nossas conversas sérias, como as não tão sérias...

Simplesmente penso que ando viciada em ti... Ou será isto amor?

O que eu gosto em ti....

São as pequenas coisas que me fascinam em ti...

 

A forma como te ris,...

como respondes mais ou menos com o teu sorriso sincero!...

como comes quando adoras a comida!...

A tua cara séria quando pensas!

A forma quando tentas ser querido, mesmo não gostando!...

como me agarras como se fosse a primeira vez!

 

Simplesmente seres como és!

 

Perco-me...

Porque quando tu voltas tudo torna-se tão complicado...

É só falar contigo e esqueço-me quem sou, o que quero ser ou o que quero fazer...

Simplesmente perco-me...

Perco-me em ti e nas tuas palavras...

E não sei se é isto que quero...

Mas também não te consigo deixar ir....

E portanto...

Quando diz respeito a ti, a mim...

Eu não sei nada...

E isso revolta-me! 

Mas continuo a querer-te tanto...

E não largaria isto por nada!

A beleza da vida

 

Há dias que gostava de ignorar a capacidade de pensar, conseguir manter a minha cabeça limpa e livre de todos os problemas, simplesmente apreciar a beleza da vida.... Como seria maravilhoso?!

Ter a capacidade de ignorar qualquer pessoa que me incomodasse, qualquer gesto que me deixasse triste, qualquer palavra que me ferisse...

Simplesmente apreciar o maravilhoso sol de Inverno, o sorriso visível nas crianças por puderem brincar ao ar livre, a boa disposição dos adultos...

Tudo seria perfeito e tão simples!!

 

Mas a complicada não consegue....

simples conhecidos

E porque dou por mim a pensar na amizade que nós as duas perdemos e que nós os dois perdemos, melhores amigos que passaram a simples conhecidos. 

Como eu facilmente desisti, como eu facilmente tentei esquecer todos os problemas entre nós!

Como simplesmente vocês me deixaram ir...

Dou por mim a pensar como seria se simplesmente tentássemos? Porque se penso nisto, é porque talvez haja algo que valha a pena, algo pelo qual eu deva lutar....

Talvez algumas segundas oportunidades sejam merecidas....

Talvez.....

A janela da minha sala!

Um dia perguntaram-me qual era o meu sítio favorito e eu respondi: a janela da minha sala...

 

A janela onde fico minutos sem fim à espera que estaciones e venhas ter comigo....

A janela onde sinto "borboletas na barriga" por estares a chegar...

A janela onde sinto o nervorsismo como se fosse a primeira vez que estivéssemos juntos...

A janela onde te vejo partir mais uma vez....

A janela para onde nós dois olhamos vezes sem conta e imaginamos coisas sem fim!

 

E as pessoas perguntam-me se o meu sítio favorito não deve ser qualquer um desde que esteja contigo, e eu não sei responder...

Saudades!

Saudade!

 

Talvez uma das palavras mais bonitas que temos, mas ao mesmo tempo das mais tristes!

 

Saudade de uma das mulheres mais corajosas que já conheci

Saudade de uma mulher que me criou como uma mãe

Saudade das tuas histórias, do teu feitio, da tua força

Saudade dos passeios, dos cozinhados e das aventuras

Saudade de te contar as minhas histórias

Saudade de uma pessoa que considerarei sempre como uma segunda mãe

Saudades de ti e do que me fizeste ser

Saudades por não poder partilhar contigo o que sou hoje

 

Parabéns L !**